Patologias na Construção Civil: 5 áreas que precisam de atenção

02.07.2018

Para um projeto de sucesso, é preciso saber gerenciar os problemas na Construção Civil. Conheça áreas comuns onde eles podem ocorrer e saiba como evitá-los-los!

O papel de qualquer empresa de construção é lidar com um trabalho do início ao fim, o que permite que o cliente assuma o controle e aumente seus negócios.

O problema é que erros podem ocorrer antes ou durante a construção, o que pode acabar custando caro para ambos os lados.

Como então evitar problemas na construção civil? Um bom começo é conhecer os erros mais comuns cometidos na gestão de obras para que você não os repita em seus projetos.

E para te ajudar, abaixo listamos as 5 principais áreas que podem gerar problemas na construção civil! Acompanhe conosco:

1. Definição do projeto

Planejamento do projeto da obra.
A importância de ter um projeto muito bem planejado antes da execução da obra.

Toda obra de sucesso começa como um projeto de sucesso. Com um projeto bem desenhado é possível identificar todas as implicações da construção antes mesmo dela começar, prevendo quais etapas deverá seguir e se haverá ou não a necessidade do emprego de esforços extras.

É claro que, como tudo na vida, em uma obra também estamos sujeitos a imprevistos, mas um planejamento bem feito permite que estejamos preparados para evitar atrasos e gastos não esperados.

Não investir tempo no desenvolvimento do projeto e em repassar os detalhes com toda a equipe envolvida na construção é um dos problemas na Construção Civil.

Hierarquia de funções dentro do planejamento.
Muito importante ter todos os responsáveis muito bem definidos.

Ao fazer isso, será possível economizar na compra de materiais, uma vez que você terá um planejamento logístico eficiente, otimizando a gestão dos recursos necessários para cada etapa da obra.

2. Prazos e orçamentos

Os atrasos e estouros de orçamentos são o verdadeiro pesadelo em qualquer gestão de obras. Mas por que eles acontecem?

Como falamos, a falta de investimento em criar um bom escopo de projeto é uma das causas, mas não a única.

Outra grande responsável por atrasos e problemas com o orçamento é a logística de materiais. Isso porque o fluxo de trabalho na obra é linear. Uma etapa depende da conclusão da etapa anterior e assim em diante.

Miniaturas representando o processo de construção civil.
Prazos e orçamentos estourados são os principais inimigos da construção civil.

Cada etapa possui seus materiais e recursos necessários. Caso um deles não esteja disponível no momento e no lugar certo, toda a cadeia produtiva pode ser comprometida. E como já diria o ditado, “tempo é dinheiro”.

Uma solução para esse problema pode ser o pré-fabricado, processo em que as “peças” da construção são fabricadas fora do canteiro de obras e levadas prontas para esse, somente para sua montagem. Além de economizar tempo, também reduz a necessidade de materiais e logística interna.

3. Organização do canteiro

A organização no canteiro de obras é fundamental para garantir que não haja desperdícios de mão de obra ou de materiais, falhas na execução, e para que o trabalho ocorra da melhor maneira, conforme o planejado.

Representação de grandes construções.
A organização do canteiro é fundamental.

Um canteiro bem organizado ajuda a evitar dores de cabeça e assegurar que a qualidade final do projeto não seja prejudicada. O grande problema é que muitos gestores dão pouca ou nenhuma importância a esse aspecto.

Cada local possui uma funcionalidade específica para a obra e isso deve ser observado na hora de montar a planta e determinar a posição de cada um no canteiro.

4. Gestão da mão de obra e comunicação

Falta de comunicação.
A falta de comunicação é um fator que complica cada vez mais o desenvolvimento das obras.

A falta de comunicação ou má comunicação pode ser a morte de um projeto. Os gerentes de projeto precisam ter atualizações sobre o status e o feedback de quem está em campo e vise-versa.

Para que um empreendimento tenha sucesso, é preciso que todos os sistemas e pessoas envolvidas estejam integrados. Para isso, ter um bom canal de comunicação, tanto com os trabalhadores em campo, tanto com os clientes da obra, pode ser o diferencial para garantir satisfação com o resultado final.

5. Uso de tecnologias

A tecnologia transformou a indústria da construção nos últimos anos, e quem não conseguir acompanhar será deixado para trás. Isso se tornou especialmente verdadeiro à medida que a concorrência aumenta tanto para atrair trabalhadores quanto para competir por projetos.

A tecnologia de construção necessária inclui software baseado em nuvem, colaboração integrada e gerenciamento de projetos móveis.

Tecnologias podem solucionar as patologias da construção civil.
Tecnologia a serviço da construção civil.

As empresas devem ser estratégicas ao implementar novas tecnologias para não perturbar os funcionários veteranos que estão estabelecidos na maneira tradicional de fazer negócios. É preciso implementar novas soluções de forma gradual e constante para colher seus benefícios com o máximo de aceitação possível.

O uso da tecnologia BIM, varredura a laser e realidade virtual também se tornarão práticas necessárias para solucionar problemas na Construção Civil.

O BIM está tornando mais acessível comercialmente e, apesar do investimento inicial, economiza dinheiro da empresa a longo prazo, simplificando os processos. Ele já está sendo apresentado aos estudantes no ensino superior e espera-se que se torne mais prevalente nos próximos anos.

E você, já enfrentou algum desses problemas na Construção Civil? Conhece algum outro que não mencionamos? Comente abaixo e compartilhe conosco e com nossos demais leitores!

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário.

Fechar Menu