Descubra quais são os Diferentes Tipos de Galpões

13.11.2018

A economia de hoje exige extrema flexibilidade por parte das empresas que tentam atender suas demandas. Ela é impulsionada por uma mudança rápida e forçou as organizações a repensarem como elas obtêm, classificam e entregam seus produtos.

Uma das chaves para o sucesso de uma indústria, especialmente, é a construção dos espaços que abrigam sua operação, ou seja, dos seus galpões.

tecnologia bim

Galpões modernos vêm em muitas formas e tamanhos. Eles são projetados e construídos de acordo com as tarefas específicas que realizam. Para te mostrar, preparamos este post com os principais tipos de galpões. Continue lendo e aprenda conosco!

Galpão piramidal

A estrutura do suporte do galpão piramidal é feita com chapas ou sistemas tubulares. Estes são montados por meio de conexões, encaixe e parafusos de fixação. Cada unidade pode ser interligada, com calhas e outros sistemas de encaixe, podendo formar grandes áreas moduladas.

Como as tendas dispensam fundação, possuem a vantagem de ter um tempo de construção menor, mas também são mais frágeis.

Para quem busca armazenar em áreas limitadas, os galpões piramidais são os mais indicados: podem ter áreas de 25 metros a 225 metros quadrados. Uma versão deste modelo é a chamada tenda “chapéu de bruxa” ou “umbrella”, cuja lona de cobertura é pontuda no cume, e dá mais estilo ao exemplar.

Galpão com uma ou duas águas

Este modelo comporta grandes extensões de área coberta, em um único pavimento, podendo chegar a dezenas de metros de comprimento. A estrutura é geralmente composta por pórticos com espaçamentos regulares, sustentada por sobre um sistema de terças, vigas ou tesouras.

A arrumação das águas na cobertura admite ainda que algumas lajes ou peças da manta sejam feitas de material translúcido, aproveitando a luz solar no interior. Outro fator importante e de fácil aplicação neste modelo é a construção de lanternim, que são aberturas não só para receber iluminação externa, mas para melhorar também a ventilação natural no ambiente interno.

O vão central é bastante dilatado, o que permite o aproveitamento de vários tipos de coberturas para proteção. Isso também auxilia a boa utilização para estocagens diversas, desde produtos agrícolas e industrializados até estacionamentos ou montagem de centros de distribuição para artigos variados.

Planejamento de Obra

Galpão Shed

Os galpões do tipo Shed apresentam vãos simples ou múltiplos. Nessas construções, as coberturas são montadas como degraus, o que oferece a circulação de ar ideal para produtos que necessitam de iluminação natural e ventilação, como na indústria de alimentos. O galpão Shed é o mais indicado para empresas que buscam grandes extensões transversais ou longitudinais.

Galpão em arco

Galpões com coberturas em arco oferecem alguns diferenciais importantes, pois proporciona melhores soluções de climatização, condensação e acústica.

Além de a peça, geralmente feita com isolante poliuretano, poder ser facilmente aplicada nos telhados metálicos já prontos, este modelo é especialmente útil nas regiões onde ocorrem muitas chuvas e outras precipitações atmosféricas, porque elimina os riscos de infiltrações e possibilita o escoamento da água para as laterais.

Galpão inflável

O galpão inflável é um importante espaço industrial que possui a vantagem de poder ser erguido com rapidez, dada a simplicidade do seu processo construtivo. Esse modelo não possui estruturas metálicas, porque é pensado para obras com pouco prazo e que exigem deslocamentos, a fim de dar continuidade aos projetos de forma adequada e eficiente.

Ideal para ser montado em ritmo de urgência naquelas estações de trabalho que não podem paralisar suas operações por consequência de mudanças climáticas ou pela própria situação emergencial das intervenções.

E-book Sobre o Curso de Engenharia Civil

Galpões de dois pisos

Os galpões de dois pisos são os mais escolhidos por empresas que necessitam destacar uma área para escritório, vestiário, lavatórios ou mesmo para realizar a gestão do espaço.

Neles, é possível realizar a montagem de um outro nível além do de armazenamento — o que acontece, geralmente, entre o térreo e o primeiro andar, permitindo aproveitar melhor o espaço deste depósito. É ideal para quem quer unificar estoque e administração, mantendo um nível particular para esta última ação.

Gostou de conhecer os principais tipos de galpão? Acompanhe nosso blog e veja mais dicas sobre como melhorar a gestão das suas obras!

materiais pré-fabricando

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário.

Fechar Menu