Tudo o que você precisa saber sobre Gerenciamento de Obras

18.07.2018

O gerenciamento de obras de construção requer as habilidades e conhecimentos de um gerente de projetos tradicional, mas aplicado ao setor de construção.

Como um projeto de construção está sempre mudando, o gestor de construção ideal deve possuir experiência e know-how para lidar com diversas equipes e atender a diversos objetivos.

Mas para quem é novo no gerenciamento de obras, este artigo orientará sobre os conceitos básicos essenciais, bem como os princípios básicos de orçamento, finanças, organização e programação. Acompanhe conosco e aprenda!

equipe planejando uma obra
A comunicação com a equipe é essencial para um bom gerenciamento de obras.

O que é o gerenciamento de obras?

De acordo com o Project Management Institute, o gerenciamento de projetos é:

“a arte de dirigir e coordenar recursos humanos e materiais ao longo da vida de um projeto usando modernas técnicas de gerenciamento para alcançar objetivos predeterminados de escopo, custo, tempo, qualidade e participação”.

O gerenciamento de obras é exatamente a mesma coisa, aplicada à gestão na Construção Civil. O gestor nesse contexto usa o mesmo modelo para atingir aos mesmos objetivos.

Em seu nível mais fundamental, o gerenciamento de obras lida com o planejamento, coordenação e execução de um projeto de construção, seja agrícola, residencial, comercial, institucional, industrial, civil pesado ou ambiental.

O gerenciamento de obras geralmente inclui tarefas complicadas que podem mudar muito, dependendo do trabalho em questão, e requer fortes habilidades de comunicação, profundo conhecimento do processo de construção e capacidade de resolver problemas.

Este é um campo complexo, que requer conhecimento em muitas áreas diferentes, como finanças, mediação, lei, negócios e muito mais.

Qual o papel do gestor de obras?

Gestor de obra tendo imagem geral do planejamento
A gestão de obra é uma função que requer muita responsabilidade.

 

Os gestores de obras assumem a responsabilidade de manter o projeto em movimento de acordo com o planejado.

O objetivo é gerenciar o projeto para que ele termine dentro do cronograma e dentro do orçamento, enquanto cumpre os códigos de construção, planos e especificações.

Um gestor de obras também pode ser encarregado de definir os parâmetros, finanças e calendário, contratação de mão de obra, desenvolver uma estratégia para a resolução de conflitos em potencial e mais.

Podemos separar as responsabilidades desse gestor entre sete categorias, sendo:

  1. Planejamento da gestão de projetos;
  2. Gestão de custos;
  3. Gerenciamento de tempo;
  4. Gestão da qualidade;
  5. Administração de contratos;
  6. Gestão da segurança;
  7. Gestão dos recursos humanos.

Como acontece o processo de gestão de obras?

engenheiro planejando a obra
Apesar das especifidades, o gerenciamento de obras passa, inevitavelmente, por fases padrões.

 

Embora os estágios de um projeto de construção sejam diferentes daqueles do gerenciamento tradicional de projetos, eles seguem um padrão similar.

Todos os gerentes de projetos de construção devem se familiarizar com as cinco fases do gerenciamento de obras, conforme os princípios desenvolvidos pelo Project Management Institute. São eles abaixo:

1. Início

Antes do início do projeto, um gestor de obras deve desenvolver e avaliar o caso de negócios para determinar se o projeto é viável e se vale a pena realizá-lo.

As partes interessadas podem ser solicitadas a fazer a devida diligência e a realizar testes de viabilidade, se necessário.

Quando todas as partes concordarem em prosseguir com o projeto, o gerente de projeto cria um documento de iniciação, que inclui as necessidades de negócios e o business case.

2. Planejamento

Em seguida, a equipe do projeto desenvolve um roteiro para todos os envolvidos. Isso inclui o plano de gerenciamento do projeto (PMP), um documento formal e aprovado criado pelo gestor de obras para orientar a execução e o controle, bem como definir linhas de base para o escopo, custo e cronograma.

Também é possível ver estes outros documentos na fase de planejamento:

  • Declaração de escopo e documentação: define as necessidades de negócios, os benefícios, os objetivos, as entregas e os principais marcos do projeto;
  • Estrutura analítica do projeto: este documento divide o escopo do projeto em partes gerenciáveis ​​e visuais;
  • Plano de comunicação: descreve todos os aspectos da comunicação, desde metas e objetivos, funções, ferramentas e métodos. O plano de comunicação cria uma estrutura comum que todos podem trabalhar para evitar mal-entendidos ou conflitos;
  • Plano de gerenciamento de riscos: isso ajuda os gerentes de projeto a identificar os riscos de antemão, incluindo estimativas de tempo e custo que podem não ser atendidas, possíveis cortes orçamentários, mudanças de requisitos e falta de recursos comprometidos.
gerente de obra inspecionando o canteiro
É imprescindível para o gerenciamento da obra, o monitoramento da execução.

3. Execução

Agora o trabalho começa. Normalmente, todas as partes realizam uma reunião inicial e, em seguida, a equipe do projeto inicia o trabalho de designar recursos, implementar planos de gerenciamento, configurar sistemas de rastreamento, concluir tarefas, atualizar o cronograma e, se necessário, modificar o plano inicial.

4. Desempenho e monitoramento

A fase de monitoramento geralmente acontece simultaneamente com a fase de execução. Essa fase é necessária para medir o progresso e o desempenho e garantir que os itens estejam alinhados com o plano geral de gerenciamento de obras.

5. Encerramento

Esta fase final marca a conclusão do projeto. Para marcar a conclusão, os gerentes de projeto podem realizar uma reunião post mortem para discutir quais partes do projeto cumpriram e não cumpriram os objetivos.

Em seguida, a equipe do projeto cria uma lista de tarefas persistentes, executa um orçamento final e emite um relatório final do gerenciamento de obras.

Quais as perguntas que todos os gestores devem fazer?

questões para gerenciamento de obras
O gestor da obra deve ter a resposta para cada um destes questionamentos

 

Ser um gestor de obras é provavelmente um dos trabalhos mais difíceis do mercado. Existem inúmeros detalhes que devem ser levados em consideração para que um projeto seja executado sem problemas.

É por isso que há certas perguntas que os gerentes de projetos de construção precisam fazer para manter seu projeto sob controle.

Em suma, abaixo estão as perguntas que que você deve estar pronto para perguntar:

1. Sobre o escopo do projeto

  • O resumo do projeto identifica o escopo e fornece todas as informações necessárias em relação aos documentos do projeto necessários (por exemplo, documentos de licitação, plano mestre, relatórios de custo do trabalho?
  • O projeto foi revisado e atualizado em estreita colaboração com todos os diferentes agentes envolvidos?
  • Você estabeleceu um processo de requisitos de coleta efetivo (por exemplo, prazos, orçamento etc.)?
  • As limitações e restrições do projeto são identificadas e analisadas com sucesso?
  • Foram elaborados padrões detalhados e compreensíveis e um relatório de qualidade?
  • Existe uma estratégia de gerenciamento de risco de projeto eficaz?

2. Sobre o processo de aquisição

  • Que modelo de pagamento (por exemplo, preço global, preço máximo garantido, custo mais taxa, preço unitário) foi escolhido?
  • O processo de seleção de consultores (por exemplo, consultores de engenharia) foi concluído?
  • Todos os contratos com consultores de clientes são executados corretamente?
  • Todos os pagamentos a consultores são cuidadosamente gerenciados?
  • Você recebeu todos os requisitos necessários de material e serviço pelo cliente e pelas partes interessadas do projeto? Esses requisitos estão incluídos no cronograma do projeto?
  • Todos os relatórios do projeto (por exemplo, relatório de viabilidade) e desenhos (como desenhos de esboço) foram finalizados, verificados e aprovados?
  • A documentação do contrato do projeto foi revisada e assinada?
  • Os requisitos de visita ao local definidos pelos consultores foram atendidos com sucesso?
  • Os empreiteiros estão devidamente informados sobre esses requisitos?
engenheiros se questionando
Para a boa execução da obra, todas as informações devem estar muito claras.

3. Sobre o custo do projeto

  • Um TCO (custo total de propriedade) foi executado e gerenciado?
  • As partes interessadas do projeto foram informadas sobre as questões de custo?
  • As ordens de pagamento do contrato serão executadas no prazo?
  • Existe um plano alternativo funcional para proteger o orçamento do projeto caso haja algum problema?

4. Sobre o cronograma

  • O programa do projeto foi estabelecido e analisado em detalhes pela equipe do projeto?
  • O progresso do projeto está sendo monitorado de perto e os atrasos são relatados no prazo?
  • Existe um plano alternativo funcional para manter o projeto em andamento caso surjam atrasos de tarefas?

5. Sobre o processo de comunicação

  • Todos os membros da equipe têm uma boa compreensão de seu papel durante o projeto?
  • As reuniões de progresso são realizadas periodicamente? As atas da reunião são acessíveis a toda a equipe?
  • Existe uma hierarquia bem estabelecida e coerente ao longo de todo o processo de construção?
  • Os relatórios de progresso são gerados e distribuídos regularmente?
  • Existe uma boa colaboração com as autoridades locais (por exemplo, o projeto está progredindo de acordo com os regulamentos locais de construção)?

Este foi um pequeno guia de gerenciamento de obras. Claro que, na prática, toda a atividade é muito mais complexa e você deve continuar sempre aprendendo!

Por isso, assine nossa newsletter e receba conteúdos como esse gratuitamente no seu e-mail!

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário.

Deixe uma resposta

Fechar Menu